Sintomas TDAH Tipo Combinado

Distrações, agitação e impulsividade juntos

Sintomas do TDAH Tipo Misto / Combinado combinam simultaneamente todas as características dos tipos de TDAH Desatento e Hiperativo-Impulsivo

TDAH Tipo Combinado Misto

TDAH Tipo Misto / Combinado:

Apresenta simultaneamente as características dos tipos de TDAH desatento e hiperativo-impulsivo.

Mesmo nos tipos mistos, a manifestação plena dos sintomas varia com a idade. Em crianças pequenas, a hiperatividade é mais vísivel, justamente porque não é adequado esperar um grau elevado de “concentração”. Com o início da alfabetização, passa a ser mais perceptível que, além da agitação, pode haver também uma tendência à distração, esquecimentos e desorganização.

De um modo geral, a hiperatividade é mais comum na infância e usualmente minimiza com o passar dos anos. Em adultos, comumente se manifesta como hiperatividade mental.

Sintomas principais do TDAH Tipo Combinado / Misto

Distração e Lentificação

  • Desvia facilmente a atenção do que está fazendo e comete erros por prestar pouca atenção a detalhes. Muitas vezes distrai-se com seus próprios devaneios ou então um simples estímulo externo tira a pessoa do que está fazendo.
  • Dificuldade de concentração em palestras, aulas, leitura de livros… (dificilmente termina um livro, a não ser que o interesse muito).
  • Às vezes parece não ouvir quando o chamam (muitas vezes é interpretado como egoísta, desinteressado…).
  • Durante uma conversa pode distrair-se e prestar atenção em outras coisas, principalmente quando está em grupos. Às vezes capta apenas partes do assunto ou enquanto “ouve” já está pensando em outra coisa e interrompe a fala do outro.
  • Dificuldade em iniciar e finalizar tarefas que exijam esforço mental e atenção focada por muito tempo.
  • Demora muito mais que outras pessoas para fazer atividades similares, se perde muito pelo meio do caminho.
  • Sente sonolência e sensação de estar “desligando”, especialmente quando precisa se concentrar.

Esquecimentos

  • Problemas de memória a curto prazo: perde ou esquece objetos, nomes, prazos, datas.
  • Dificuldade em seguir instruções, mesmo quando se propõe. Inicia bem e logo em seguida muda, fazendo de outro jeito ou deixando de lado.
  • Pensa em fazer uma coisa e logo em seguida esquece o que iria fazer. Por exemplo, quando vai buscar algo, pelo meio do caminho esquece.
  • Durante uma fala, pode ocorrer um “branco” e esquecer o que iria dizer.

Desorganização

  • Forte desorganização, não consegue planejar para concretizar (fica somente na cabeça).
  • Dificuldade em organizar-se com objetos (mesa, gavetas, arquivos, papéis…), tudo é uma permanente bagunça.
  • Problemas com planejamento do tempo. Perde a noção da passagem do tempo. Pode sentir que o dia tem 48 horas ou que passou muito mais rápido do que pensava.

Agitação

  • Forte agitação e inquietação – em adultos, agitação mental é mais comum. Em crianças é a hiperatividade física.
  • Inquietação – mexer as mãos e/ou pés quando sentado, musculatura tensa, com dificuldade em ficar parado num lugar por muito tempo. Costuma ser o “dono” do controle remoto.
  • Faz várias coisas ao mesmo tempo, está sempre a mil por hora, em busca de novidades, de estímulos fortes. Detesta o tédio. Parece que não se contenta com uma coisa apenas, especialmente coisas mais simples e menos estimulantes.
  • Consegue ler, assistir televisão e ouvir música ao mesmo tempo. Muitas vezes é visto como imaturo, insaciável.
  • Costuma ser prolixo ao falar, perde sua objetividade em mil detalhes, sem perceber como se comunica. No entanto, não tem a menor paciência em ouvir alguém como ele, sem dar-se conta que é igual.
  • Pensa mais rápido que consegue falar, prejudicando a comunicação.

Impulsividade / Impaciência

  • Interrompe a fala do(s) outro(s); sua impaciência faz com que responda perguntas antes mesmo de serem concluídas.
  • Sem filtro ao se expressar. Fala sem pensar, causando situações constrangedoras e até mesmo ofensivas.
  • Impaciência: não suporta esperar ou aguardar por algo: filas, telefonemas, atendimento em lojas, restaurantes…, quer tudo para “ontem”.
  • A comunicação costuma ser compulsiva, sem filtro para inibir respostas inadequadas, o que pode provocar situações constrangedoras e/ou ofensivas: fala ou faz e depois pensa.
  • Dificuldade em expressar-se: muitas vezes as palavras e a fala não acompanham a velocidade da sua mente. Muitos quando estão em grupo, falam sem parar sem se dar conta que outras pessoas gostariam de emitir opiniões, fazer colocações e o que deveria ser um diálogo, transforma-se num monólogo que só interessa a quem está falando.
  • Pode mudar inesperadamente de planos, metas… (mais em adultos). Em crianças, perde rapidamente o interesse em brinquedos ou coisas que antes gostava ou queria muito.

Compulsão

  • Pode falar, comer, comprar,… compulsivamente e/ou sobrecarregar-se no trabalho. Muitos acabam estressados, ansiosos e impacientes: são os workaholics.
  • Tendência ao vício: álcool, drogas, jogos, Internet e salas de bate papo…
  • Tendência a sobrecarga, exaustão e compulsividade (em adultos), risco de abuso de álcool, drogas, jogos, Internet e salas de bate papo…

Intensidade

  • Baixo nível de tolerância: não sabe lidar com frustrações, com erros (nem os seus, nem dos outros). Muitas vezes sente raiva e se recolhe.
  • Instabilidade de humor: ora está ótimo, ora está péssimo, sem que precise de motivo sério para isso. Os fatores podem ser externos ou internos, uma vez que costuma estar em eterno conflito.
  • Hipersensibilidade: pode melindrar-se facilmente, tendo uma tendência ao desespero, como se seu mundo fosse desmoronar-se a qualquer instante, incapacitando-o muitas vezes de ver a realidade como ela realmente é, e buscar soluções.
  • Sexualidade instável: pode alternar períodos de grande impulsividade sexual com outros de baixo desejo.
  • Tem um temperamento explosivo: não suporta críticas, provocações e/ou rejeição. Rompe com certa facilidade relacionamentos de trabalho, sociais e/ou afetivos.
  • Dificuldade em ver a realidade com objetividade e buscar soluções.

Lembre-se que um diagnóstico completo só pode ser realizado por um especialista. Na suspeita do transtorno, procure um especialista para uma avaliação e diagnóstico mais detalhado.

Se você se identificou com os sintomas principais do TDAH, faça o Teste Rápido para TDAH Adulto ou o Teste Completo para TDAH Adulto do IPDA. Para crianças, faça o Teste para TDAH Infantil. Veja também a lista completa dos TESTES ONLINE do IPDA, incluindo ansiedade, baixa auto-estima, depressão, stress / esgotamento (Síndrome de Burnout), agressividade / raiva e outros problemas que também levam a problemas parecidos com o TDAH.

Background

É POSSÍVEL SUPERAR

Distração, esquecimentos, agitação, desorganização, baixo desempenho…
não precisam ser para sempre. Encontre a ajuda que você necessita.